Nossa Teoria da Mudança

Acreditamos no desenvolvimento de competências cidadãs por meio do envolvimento de todos os atores das escolas – equipe gestora, professores, alunos e pais – em um programa de longo prazo. A mudança da cultura escolar é a base para o desenvolvimento de jovens cidadãos comprometidos com um amanhã melhor.

Viven desenha e oferece uma experiência de aprendizagem ...


Como nós definimos cidadania?

Definimos cidadania como a atuação no interesse coletivo de longo prazo. Existem duas dimensões nessa concepção: (1) competências necessárias para atuar como um cidadão, e (2) os âmbitos da vida nos quais se exerce a cidadania.

Para desenvolver as competências de cidadania, as pessoas precisam aprender a pensar, sentir, falar e agir como cidadãos e devem experimentar e conduzir uma transformação tanto pessoal, quanto social. Juntos, estes dois eixos definem o espectro das competências essenciais da cidadania.

Eles também criam os nossos quatro quadrantes de cidadania: (1) Identidade e Propósito, (2) Justiça Social, (3) Desenvolvimento Social, e (4) O Melhor de Mim. Cada quadrante foca sobre diferentes competências essenciais para a cidadania.

Cidadania

Justiça Social
Este quadrante aborda as questões essenciais, “Que tipo de mundo eu quero? ” e “As minhas escolhas vão estar do lado certo da história dentro de 50 anos? ”. Os participantes imaginam que tipo de mundo desejariam se não soubessem de antemão onde ou quem pretendem ser. Refletir sobre essas questões deverá guiá-los na direção de uma maior justiça social. Os participantes deverão desenvolver competência em ativismo social, incluindo uma sólida capacidade de construção de narrativas.

Desenvolvimento Social
Este quadrante aborda a questão “Como eu mobilizo e trabalho junto com outras pessoas para tornar real a nossa visão de sociedade? ” Os participantes desenvolvem as competências necessárias para criar campanhas e projetos de ação coletiva bem-sucedidas nas suas comunidades. Isso é reforçado pela competência em liderança inclusiva - ou seja, a habilidade para inspirar, mostrar empatia e mobilizar grandes grupos de pessoas sem criar uma separação “nós X eles”. O objetivo da liderança não pode ser obter 51% para impor a sua vontade sobre os 49%.




Identidade e Propósito
Este quadrante aborda as questões: “Quem sou eu? ” e “Quem quero me tornar? ” Os participantes desenvolvem seu sentido de identidade coletiva como membros de uma única coletividade, a dos seres humanos - a “verdade” deste quadrante. Para defender e manter essa verdade diante de mensagens preconceitusas os participantes devem desenvolver a capacidade de pensamento independente e valores a ele associados, incluindo receptividade e pensamento crítico.




O Melhor de Mim
Este quadrante aborda a questão: “O que devo fazer e dizer para me tornar uma pessoa melhor?” Isso desperta nosso desejo de maior impacto pessoal e a consciência da importância de nos considerarmos responsáveis por agir em prol do interesse coletivo de longo prazo. O desenvolvimento de competências em colaboração efetiva para criar empatia, assim como para integrar as ideias dos outros, é fundamental para a realização do impacto pessoal no dia-a-dia.




8 competências
de cidadania



3 esferas da vida



24 expressões
de competências de cidadania

A prática dessas competências de forma isolada não forma um cidadão. O núcleo da nossa visão de cidadania é a ideia de agir em conjunto com meus concidadãos em prol do interesse coletivo de longo prazo. Como cidadãos, precisamos aprender a viver com e ao lado de outras pessoas, ter empatia por pessoas que podem ter vidas e experiências muito diferentes das nossas e, finalmente, deliberarmos juntos sobre o que é o bem comum e qual a melhor maneira de alcançá-lo.

É por isso que, além das competências necessárias para agir como cidadão, devemos considerar também a segunda dimensão da cidadania: as esferas da vida onde a cidadania é praticada. Cada uma das oito competências que descrevemos pode ser praticada em três principais esferas da vida: nas relações pessoais com amigos e a família, na minha comunidade (por exemplo, na escola ou no local de trabalho) e na sociedade de uma forma mais ampla.

Sobrepondo essas três esferas e as oito competências obtemos 24 diferentes manifestações de competência cidadã.


Como criamos cidadãos?

As experiências de aprendizagem da Viven têm um profundo efeito transformador porque se baseiam em comprovados princípios de desenho curricular de um amplo conjunto de disciplinas, incluindo ciências, economia comportamental, psicologia social e neurociência.

Entrelaçamos essas ideias em nossa fórmula de impacto, composta pelas vivências dinâmicas, vivências continuadas e vivências no mundo real.

Vivência Dinâmica
Ao falar com pessoas que incorporaram com sucesso um caminho de transformação nas suas vidas, elas se referem frequentemente a alguma experiência na juventude que transformou a forma com que elas percebem o mundo. Acreditamos que o currículo para a cidadania deve começar por sessões que ofereçam uma experiência de tomada de consciência e autodescoberta que, por sua vez, permita alterar o esquema mental e as emoções a ele associadas. Na Viven, desenvolvemos uma série de experiências premiadas, produzidas de forma profissional, que estimulam momentos de transformação “ah-ha”, que são fundamentais para uma aprendizagem profunda.

Além das nossas vivências dinâmicas produzidas de forma profissional, nós temos trabalhado, também, de forma a permitir que professores produzam por conta própria atividades transformadoras. Nós selecionamos filmes e vídeos que ofereçam um currículo provocativo com estímulo para o debate em grupos pequenos e grandes.

Vivência Continuada
A vivência continuada é necessária para mudar a memória de trabalho para uma memória de longo prazo. Sem essa alteração, não conseguiremos perceber as mudanças comportamentais em andamento.

Desenhamos um pacote que auxilia os professores a fornecerem experiências em sala de aula que reforçem as vivências dinâmicas.

Para garantir que os professores se sintam confiantes na efetiva implementação da educação para a cidadania em suas aulas, a Viven oferece também cursos pagos de desenvolvimento profissional para professores.

Vivência no Mundo Real
O conhecimento de cidadania adquirido pelos jovens raramente é atingido sem algum nível de prática integrada, baseada na ação. Na Viven temos três exercícios de Vivência no Mundo Real: Videos for Change, Projetos de Ação Social e Aula Invertida.

Videos for Change é uma oportunidade para grupos de estudantes criarem vídeos de ativismo social/ação coletiva de um minuto de duração sobre temas de cunho social. A Viven ajudará a criar concursos interno nas escolas.

• Os Projetos de Ação Social proporcionam aos estudantes a oportunidade de identificar um problema social, geralmente em torno da escola, e elaborar um projeto para ajudar a sanar esse problema.

• A Aula Invertida é uma oportunidade que os estudantes têm de retomar o aprendizado do programa Viven e ensiná-lo a um adulto ou amigo de seu círculo de relações próximas.

Oferecemos gratuitamente a todas as escolas de ensino fundamental e médio a possibilidade de participar desses exercícios, além de materiais de apoio para capacitar os estudantes. Para aquelas escolas que buscam um suporte maior para implementar esses exercícios, oferecemos também material de apoio profissional e o nosso microssite, personalizado por escola, mediante pagamento por este serviço.




A jornada completa
O currículo da Viven oferece um sistema totalmente integrado para se atingir o domínio das oito competências da cidadania. Para cada elemento de nossa fórmula do conhecimento adquirido em cidadania, oferecemos, mediante pagamento por uso,


recursos complementares e serviços adicionais, para todas as escolas que busquem uma experiência mais qualificada ou que demandem formação continuada para professores e apoio mais direto.

Trabalhamos em estreita colaboração com as escolas para desenvolver uma sequência personalizada de vivências de aprendizado que atendam melhor às suas necessidades. Chamamos esta sequência de “percursos formativos”. Para cada nível de ensino, mapeamos quais Vivências Dinâmicas, Vivências Continuadas e exercícios de Vivência

no Mundo Real devem acontecer ao longo do ano - isso inclui não apenas a programação da Viven, mas também iniciativas internas da escola e programas externos complementares. Ao longo do ano, medimos e avaliamos o impacto das intervenções escolhidas e, a partir disso, refinamos as jornadas de aprendizado dos alunos.


O que torna a nossa abordagem diferenciada?

A Viven possui quatro qualidades que nos permitem conceber e oferecer experiências de aprendizado impactantes.

Em primeiro lugar, a Viven possui uma base acadêmica sólida na área de ação coletiva e justiça social, proveniente de um trabalho de pós-graduação orientado pelo seu cofundador Mehrdad Baghai e o Prêmio Nobel Tom Schelling, na Harvard Kennedy School no final dos anos 1980. O trabalho de Schelling é complementado por algumas reflexões feitas por intelectuais de diversas áreas, como da filosofia, economia comportamental e psicologia social sobre uma sociedade mais justa. A base teórica do trabalho da Viven tem como referência pensadores clássicos como Platão, John Rawls, Martin Luther King, Jr., Daniel Kahnemann, Ursula Le Guin, e Amartya Sen, entre outros.

Em segundo lugar, estamos profundamente comprometidos com a construção de excelência na aprendizagem participativa.

Nosso processo de engenharia da aprendizagem, ancorado em um design centrado no ser humano e em um modelo de atualização e correção típico da indústria do software, nos permitiu utilizar uma abordagem institucional sistemática para a aprendizagem e aprimoramentos contínuos.

Em terceiro lugar, para obter o máximo impacto em diferentes contextos nacionais, culturais e organizacionais, adaptamos nosso currículo de várias maneiras para atender às necessidades específicas de cada organização. Isso inclui adaptar o agrupamento e a amplitude do currículo e dos resultados.

Finalmente, nossa excelência no desenho curricular não teria o profundo impacto que tem se não fosse também complementada por expertise em resultados profissionais. Por este motivo, não medimos esforços no recrutamento e capacitação de facilitadores especialistas que possam promover vivências impactantes e modelar os valores e as capacidades que procuramos construir, ensinando e trabalhando com jovens.

Saiba mais

Para saber mais sobre a nossa teoria da mudança, faça o download do sumário executivo

>
Teoria da Mudança
Sumário Executivo

Uma breve visão geral de nossa
Teoria da Mudança.

DOWNLOAD
(1.5MB)

Viven | Cidadãos para uma amanhã melhor by High Resolves | Termos de Uso - Política de Privacidade.